Sugestões de temas de Consultoria de Gestão Comercial:

Abaixo um grupo de variáveis que podem servir de subsídios para direcionar a parceria, para um cenário mais realista e sustentável

1) Macro:

1.a) Analisar a realidade e familiaridade de cada PAC, visando dar-lhe uma identidade local e eficácia nas suas ações comerciais

2) Base:

2.a) Ajudar na definição do real valor de um associado e, consequentemente da base, para que possa balizar o real valor da sobra potencial.

2.b) Verificar quais outros públicos podem ser trabalhados, seus benefícios e quais mudança de postura/estrutura seriam necessárias para atendê-los com maestria comercial

2.c) Propor um plano de ação para a saturação saudável da base de associados, com objetivo de suportar o Planejamento

2.d) Identificar associados ou grupo deles que concentram na singular, somente as demandas de baixíssimo valor agregado comercial, ou não permitida no mercado.

3) Gestão de Soluções:

3.a) Propor um novo modelo tarifário e elaborar, se assim for o entendimento, uma proposta de pacote de serviço e seus critérios de bonificação

3.b) Rever a forma de remuneração de aplicações e de precificar os créditos, visando mais coerência e competitividade

3.c) Definir processos para que a gama de soluções disponíveis possa ser realmente ofertada como soluções a cada cliente, evitando atender por demanda.

3.d) Analisar novas formas de buscar novas captações de Capital Social, que seja interessante para ambas as partes, e não seja empecilho para a manutenção ou início de um relacionamento comercial

3.e) Adotar medidas para que o crédito seja realmente uma forte ferramenta de aderência a singular, e vendido como um ciclo virtuoso.

3.f ) Definir processos para que os convênios, cobranças e débitos automáticos sejam realmente estruturados e vendidos como soluções e ferramenta de aderência e receita.

4) Força de Venda:

4.a) Definir uma ação emergencial, para que aspectos primários de uma gestão comercial seja entendido e praticado pela força de venda (saturação de base, não concentração, pró-atividade/atitude vendedora,…)

4.b) Analisar novas formas de incentivos (e pênaltis) a força de vendas – Remuneração Variável

4.c) Estruturar um plano de definição de campanhas e metas que permita ações comerciais ordenadas e sustentáveis (manutenção e crescimento de base; incremento de vendas X associado; monitoramento da qualidade de venda …)

4.d) Educar para que o “cadastro” não seja apenas um detalhe da formalística de crédito e sim, um balizador de ações comerciais estruturadas.

5) Outros:

5.a) Reconhecer a qualidade dos dados disponíveis e propor uma melhor utilização como ferramenta de suporte comercial;

5.b) Definir métricas para assuntos relevantes

5.c) Outros temas que em conjunto forem priorizados, e ajustados dentro da carga horária contratada